O que existe de bom no LibreOffice?

Gostaria de saber, honestamente, o que vocês enxergam de bom nessa suíte. Para mim, libre office é sinônimo de stress, desing ruim, falhas lógicas e incompreensão das necessidades dos usuários. Passei o último ano inteiro escrevendo capítulos no writer para, agora, os documentos mestres se mostrarem falhos, péssimos funcionalmente e incapazes de desempenhar uma tarefa básica. É simplesmente decepcionante ver seu trabalho ser tão atrapalhado. Segui todas as orientações na documentação, mas os resultados obtidos são vergonhosos e decepcionantes, além de me darem vontade de explodir o computador (mas sei que, no fundo, os problemas estão em algumas linhas de código porcamente escritas). No momento, estou numa mistura de tristeza e fúria. Talvez eu pudesse transformar isso em criatividade escrita… ah não, o libre office writer não vai deixar.

Ola @oguia, uso o pacote LibreOffice desde 1998 quando se chamava StarOffice, porém meu maior uso é de planilhas (~90%). Nada e Ninguém contentara a todos, e sobre as falhas faça descrição delas, fica mais fácil ajudar na resolução dos problemas, que pode não ser problema, só uso inadequado.

Se…

Para mim, libre office é sinônimo de stress, desing ruim, falhas lógicas e incompreensão das necessidades dos usuários.

…então por que…

Passei o último ano inteiro

Masoquista? Psicopata? Ou o que?

devo só ser retardado mesmo por ter escolhido um programa tão terrível. Passei os últimos 4 dias organizando a formatação. Sempre que eu inseria um arquivo no documento mestre, estava dando certo. Agora que vou verificar o documento para preparar a impressão… tudo desorganizado, milhares de páginas em branco surgindo do nada, indo pro nada… Então estou aqui, duas horas da manhã, sendo um masoquista e sofrendo ao constatar que preciso me esforçar mais para fazer esse programa funcionar do que para escrever as 500 páginas que compõem o meu conteúdo. Gostaria que todas essas dificuldades fossem por eu ser um completo leigo, mas isso não é verdade. Sempre busco ler as orientações e procurar por respostas aqui no fórum, mas nada funciona. Alguém consegue me explicar porque o programa não para de crashar em um arquivo de 6 páginas com imagens de compostos orgânicos?

Um documento de 500 páginas é realmente grande. Eu prefiro o Apache OpenOffice para trabalhar com documentos tão grandes. O AOO é mais estável na minha experiência.

de crashar em um arquivo de 6 páginas

Você pode compartilhar este arquivo?

Se o programa não para de crashar, tente redefinir o perfil de usuário.

@oguia, o documento que inseria no documento mestre, era feito por ti com o próprio LibreOffice ou vinha de fontes externas.

E qual era o formato dos arquivos?

Boa tarde pessoa, tudo bem? Já estou um pouco mais tranquilo, porque, no final, deu quase tudo certo (embora depois de muito trabalho). Após tanta raiva, tenho um momento com maior tranquilidade e posso ser mais racional. O libreoffice, diferente do que eu tinha escrito na postagem inicial, não é tamanho pesadelo. Na verdade, é fruto de uma louvável iniciativa e, na maior parte do tempo, desempenha o que é esperado sem muitos empecilhos. Existem, porém, problemas muito sérios, que fazem a gente passar por bastante estresse e atrapalham o nosso trabalho, como a dificuldade para lidar com imagens (mesmo quando se segue todas as orientações), os bugs com as caixas de texto (elas se movem para partes aleatórias do arquivo) e os problemas com arquivo mestre. Tem-se, ainda, vários outras problemas, mas estes são os que mais me incomodaram nos últimos meses. Ser software livre não pode significar um software difícil de usar e repleto de falhas. Deve ser o contrário e acredito nessa melhoria.

em relação às dúvidas de vocês, esclareço, primeiramente, que não posso disponibilizar o arquivo. Em segundo lugar, sobre o programa crashar, isso é algo que praticamente não tem acontecido comigo mais, embora aconteça com outros amigos que utilizam a mesma versão do libre. Conforme sugerido por @gabix, pode ser algum problema relacionado ao perfil do usuário deles, mas não sei. Sobre a última dúvida do @schiavinatto, parte dos documentos inseridos no mestre eram escritos por mim e outra parte por dois amigos, mas estávamos fazendo tudo a partir do mesmo arquivo modelo. Nesse sentido, percebi que as falhas ocorriam com uma frequência muito maior nos documentos deles (obs.: eu os recebia por email, com a compressão de arquivo desabilitada). A única maneira encontrada para resolver isso foi copiar todos os textos dos documentos que eu recebi e passar para o modelo que havia sido feito no meu computador. Deu muito trabalho, já que eu não podia copiar tudo de uma vez, mas enfim deu certo.